O consórcio foi formado considerando de experiência na área do projecto assunto e atividades correspondentes, bem como a relevância de se respeitar e temas Valorização alteridade e diversidade nos parceiros dos parceiros de contexto com todos os parceiros vindos países do formulário que são as fronteiras externas da UE .

Fundação Prosveta-Sofia – Bulgária (Coordenador)
Centro de educação não formal – Grécia
Instituto Politécnico de Santarém – Portugal
Centro para o desenvolvimento criativo “Danilo Dolci” – Italia

partners_banner_800x120


flag_eu_380x256
Instituição Patrocinadora: Erasmus+Key Activity 2:
Cooperação para a inovação e intercâmbio de boas práticas
Parcerias estratégicas para a educação escolar

Fondacia Prosveta – Sofia

A Prosveta Sofia Foundation é uma organização não governamental sem fins lucrativos. Foi fundada em 2007 como uma entidade legal sem fins lucrativos. A sua missão é apoiar a modernização da educação búlgara e trabalhar para melhorar a sua qualidade. Apoia a implementação dos principais padrões europeus e mundiais na educação escolar búlgara através de várias iniciativas.

A Fundação Prosveta Sofia tem uma vasta experiência na realização de seminários de formação e sensibilização. Nos seus sete anos de existência, organizou mais de 250 oficinas com professores sobre problemas educacionais atuais relacionados com o processo de ensino e aprendizagem no  pré-escolar e ensino básico, bem como a implementação de abordagens metodológicas modernas no ensino de matérias básicas ensinadas do 5º  ao 12º. Organizou uma série de workshops com diretores de escolas sobre a implementação de orçamentos participativos, sobre tópicos relacionados e as formas eficazes de constituir conselhos de escolas em funcionamento, para construir e apoiar a credibilidade das escolas públicas nas comunidades locais, etc.

A Prosveta-Sofia Foundation foi subcontratada pelo Ministério da Educação para executar uma série de projetos, após procedimentos de concursos públicos em projetos, no âmbito do Programa Operacional de Desenvolvimento de Recursos Humanos:

Projeto “Apoio analítico e informativo para aprovação do modelo de inspeção da Educação”, 2012-2014, BG051PO001-3.2.05 envolvendo:

– Análise e avaliação do conjunto de critérios e indicadores para avaliar a qualidade da educação obtida, conforme sugerido no padrão educacional nacional para a inspeção;

– Análise e avaliação da metodologia, métodos e ferramentas de inspeção na realização da inspeção.

“Criação de tarefas de teste para a revisão e avaliação contínuas dos resultados de aprendizagem de pessoas não escolarizadas com mais de 16 anos, envolvidas em cursos de alfabetização e cursos para dominar os conteúdos de aprendizagem em projetos de 5, 6 e 7.”, 2012- 2013, BG051PO001-4.3-01

Projeto “Desenvolvimento de tópicos incluindo exercícios interativos de orientação profissional para estudantes”, 2013-2014, BG051PO001-4.3.02. O tema do projeto é o desenvolvimento de 80 tópicos com exercícios interativos para orientação profissional de alunos de 5 aos 12 anos. Os 10 tópicos com exercícios interativos foram desenvolvidos para cada série que são adaptados para as fases de desenvolvimento de carreira dos alunos.

Os especialistas e associados com os quais trabalhamos têm experiência em formação de professores e no desenvolvimento de conteúdos educacionais para todas as etapas da educação escolar, bem como no desenvolvimento de   scripts para objetos multimédia utilizados em empresas de multimédia.

Centro Sviluppo Creativo “Danilo Dolci”

O Centro Sviluppo Creativo “Danilo Dolci” baseia-se na experiência do trabalho social e educacional realizado por Danilo Dolci e seus colaboradores, que começou na Sicília Oriental em 1952. O Centro surgiu da necessidade de oferecer às comunidades locais uma realidade empenhada em resolver os problemas locais, desenvolvendo um espaço criativo em que se fomenta a consciencialização e o planeamento de baixo para cima são o foco da ação, abrindo o caminho para uma mudança real.

Desde o início, o foco principal do Centro são as práticas de educação não violenta, bem como o desenvolvimento de uma metodologia – a Abordagem Maiêutica Recíproca – capaz de facilitar o desenvolvimento criativo na escola e no território local.

Atualmente, o Centro Sviluppo Creativo “Danilo Dolci” é uma associação sem fins lucrativos envolvendo jovens e adultos, que atua principalmente através de projetos na área da educação realizados em cooperação com escolas, universidades, instituições, associações e grupos sociais. nível local e internacional.

http://www.danilodolci.org

AENAO – Grécia

O N.G.O Α.Ε.Ν.Α.Ο foi fundada em 2006 em Salónica para promover a saúde, no seu sentido amplo, e encorajar o diálogo entre ciência, cultura e religião. Ocupa um grupo de cientistas – voluntários e é coordenado por cientistas experientes.

AENAO visa:

  • Promover a saúde através da criação de redes e implementação de projetos baseados na educação não formal e na aprendizagem por metodologias baseadas na experiência.
  • Informar a comunidade sobre questões relacionadas à ciência no sentido amplo, cultura, religião e educação.
  • Realizar a colaboração nacional e internacional com agentes confiáveis, a fim de trocar experiências e melhorar práticas.
  • Desenhar programas que incentivem a coesão social, protejam os direitos humanos e respeitem o meio ambiente.
  • Capacitar as mulheres para tomar iniciativas e melhorarem o seu status socioeconômico.
  • Capacitar os jovens, aprimorar e desenvolver as suas habilidades pessoais.
  • Informar a sociedade sobre programas e atividades inovadores.
  • Organizar campanhas e iniciativas que beneficiem a sociedade.

Os materiais educativos da AENAO no campo da promoção da saúde (projeto “Viciado em vida”, lidam com a prevenção do tabagismo) ganhou um primeiro prémio e foi recomendado para o currículo escolar.

Além disso, os projetos “Captain Cook” que aborda o estilo de vida saudável e o “Crash test revised”, que aborda a gestão de conflitos, tornaram-se “Boas Práticas”.

AENAO é um membro ativo da “Rede Saudável”, “ORESTIS” e da Fundação Anna Lindh.

AENAO tem grande experiência em projetos locais, nacionais e internacionais. Os tópicos são explorados através da metodologia e educação não formal.

Em 2008, a AENAO, num projeto piloto, introduziu a educação não formal nos contextos universitários. O projeto teve impacto muito positivo entre os universitários e a educação não formal foi adotada como estratégica nos cursos de mestrado.

A AENAO coopera com escolas, clubes juvenis, municípios, centros de saúde e autoridades locais e implementa projetos que surgem da avaliação das necessidades dos grupos-alvo.

IPSantarém – ESES

O Instituto Politécnico de Santarém é uma instituição de Ensino Superior Público que iniciou a sua atividade em 1979 e é composto pelas seguintes Escolas: Agricultura, Desporto, Educação, Gestão e Tecnologia e Saúde.

A Escola Superior de Educação de Santarém (ESES) foi criada pelo Decreto-Lei nº 513-T / 79, de 26 de Dezembro, como unidade orgânica do Instituto Politécnico de Santarém é uma instituição de nível superior, vocacionada para o ensino, investigação, serviço à comunidade e colaboração com atividades nacionais e estrangeiras de interesse comum.

Frequentado por 696 alunos, possui os cursos de Ensino Básico, Educação Social, Animação Cultural e Educação Comunitária, Educação e Comunicação Multimédia e Artes Visuais e Multimédia.

A ESES também está vocacionada para atender às necessidades profissionais, cívicas e culturais que são sentidas ao longo da vida, na sociedade. Na escola promovem-se práticas inovadoras para professores de todos os níveis educacionais em diversas áreas, por exemplo Artes; TIC; Multimédia, Comunicação Intercultural entre outros.

A ESES tem experiência em projetos Leonardo Da Vinci e Erasmus + e muitos outros programas europeus e nacionais. A comunidade escolar considera que o envolvimento em programas Erasmus + oferece uma oportunidade para desenvolver produtos e adquirir experiências que alargam os horizontes, desenvolvem a mente e permitem que as partes envolvidas se tornem verdadeiros cidadãos europeus com uma compreensão de outras culturas e sistemas educativos.